quarta-feira, abril 28, 2010

Postura sentada X Dor

Como dizia um antigo professor meu: “Não somos mais homo erectus, e sim, homo sentadus”. Bom, nossos trabalhos estão cada vez mais intelectuais do que braçais. Nossa recompensa é um salário mensal, e não um alimento após nossa caça com arco e flecha.

E com a postura sentada cada vez mais utilizada e cada vez por mais tempo, adquirimos certos vícios e problemas novos. Como passamos horas, dias, meses, anos... sentados na mesma poltrona/cadeira, em frente da mesma mesa, utilizando ou não computadores, nosso corpo tenta se adaptar à esta postura, mas nem sempre ele está preparado para tal, causando certas patologias.

E foi exatamente esta postura sentada que um excelente recém-saído do forno artigo estudou. Ele comparou três posturas habituais do nosso dia-a-dia e viu quais músculos que são mais usados, qual movimento é facilitado/dificultado, e quais problemas podem aparecer devido a esta postura.

Eis as estudadas:



Postura “caída”: quadril mais para frente, coluna torácica e lombar relaxadas, enquanto cabeça fica posicionada mais a frente. O estudo diz que a musculatura das colunas cervical e torácica tem que aumentar sua atividade (contração) para sustentar o peso da cabeça para frente, ocasionando em uma força de compressão na região cervical e torácica. O que pode criar um foco de estresse resultando em dor postural.



Postura com região torácica ativada: quadril mais para frente, torácica reta e contraída, com ombros levemente para trás. Esta postura tem um grande trabalho da região torácica, mas uma atividade muito baixa da musculatura lombar e cervical. Postura que causa um leve relaxamento da musculatura posterior do pescoço, mas que gera uma compressão importante na região torácica, além de um desconforto lombar.



Postura ereta: quadril empinado com torácica reta e ombros levemente retraídos. Postura extremamente favorável às colunas lombar e torácica, ativando toda musculatura do dorso e abdômen, sem causar uma sobrecarga desproporcional de qualquer região.

O único grupo muscular que pareceu não ter grande influência com as posturas foi o trapézio. Este músculo que fica no seu ombro e vai até o pescoço, familiar não? Ele é um músculo muito susceptível a tensões do dia-a-dia pode entrar em contratura independente da postura do resto do corpo. E independente do uso de computadores. Musculatura muito ligada à ansiedade, preocupação, angústia, nervosismo, entre outros sentimentos do nosso dia.

Por isso, alterar nossa postura nem sempre é a solução dos nossos problemas. E se precisar alterar a postura, exatamente qual região do corpo está sofrendo mais? Qual postura devo evitar? Eis o papel do fisioterapeuta.


Boa semana a todos



(imagens e fonte: Carneiro JP et al. The influence of different sitting on head/neck posture and muscle activity. Manual Therapy; 15 (2010) 54-60)

2 comentários:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Mas, afinal, qual é a ideal??
A primeira me deu dor nas costas só de olhar, hahahaha.

ótimo texto!

da homus sentada deb

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom

Ocorreu um erro neste gadget